O custo da energia elétrica no Brasil aumentou 60,42% nos últimos 12 meses segundo dados do IPCA – Indice de Preços ao Consumidor Amplo. Com um aumento tão abusivo como esse é importante tomar algumas medidas para reduzir o consumo e o uso das lâmpadas certas pode ser um bom aliado nesse processo.

As lâmpadas incandescentes de 60 watts, não podem ser mais produzidas no Brasil desde 30 de junho do ano passado. Isso acontece porque esse modelo é danoso ao meio ambiente, gastam mais energia, iluminam menos e tem vida útil menor do que os modelos modernos. As incandescentes produzem 5% de luz e 95% de calor e contribuem para o efeito estufa.

O futuro é das fluorescentes, halógenas e do LED. Mas qual delas é a melhor? Depende da finalidade.

Para uso comum, a primeira alternativa é a lâmpada compacta fluorescente de 15 watts que substitui com vantagens a incandescente de 60 watts, ou Led de 8 watts ou ainda o modelo que imita o formato da incandescente de 6 watts.

As fluorescentes já são as mais populares, possui eficiência 80% maior que as incandescentes e duram oito  anos, em média. Porém, apesar de menos poluente do que a anterior, ainda  possui mercúrio na sua composição, um metal tóxico.

Com as questões da sustentabilidade na pauta da maioria das pessoas, deve crescer o mercado para as lâmpadas halógenas ou LED. As halógenas podem atrair os consumidores brasileiros porque oferecem um IRC – Índice de Reprodução de Cores acima de 80, permitindo brilho e aquele amarelo aconchegante que conforta os ambientes semelhante às incandescentes, combinada a economia de energia de 30% quando comparada a tecnologia antiga.

As lâmpadas LED tem uma série de vantagem, começando pelo ambiental, já que não usa nenhum tipo de metal pesado, não emite raios UV e produz 25 vezes menos lixo contaminante ao meio ambiente, além disso emite 30% de luz, 70% de calor e tem vida útil superior a 50 mil horas, o que faz desse modelo  o mais eficiente do mercado.  Soma-se a isso o fator flexibilidade que permite ganhos no design. Uma LED de 8 watts corresponde a  luminosidade de uma incandescente de 60 watts.

Curiosidade: Você sabia que as lâmpadas fluorescentes são dimensionadas para oito acendimentos diários? Por isso, quando for sair de um ambiente por tempo superior a 15 minutos deve-se apagar a luz, para período menor é mais econômico mantê-la acesa.  Acendimentos adicionais reduzem a durabilidade da lâmpada.